(45) 3035.1801 viaggiturismo@viaggiturismo.com.br

Rota dos Vinhos: um tour pelas principais vinícolas chilenas

O Chile é o país sul-americano que mais recebe visitantes. Com paisagens convidativas, o número de turistas em busca de pacotes chilenos só aumenta, seja durante o inverno ou verão.

Mas não é só isso o que chama a atenção. O enoturismo tem se destacado nos últimos anos. O clima e solo chilenos são propícios para o cultivo de uvas, que graças às técnicas francesas e locais de produção, se originam vinhos de sabor marcante.

Preparado para fazer um passeio pelas regiões onde estão as principais vinícolas chilenas? Então, vem com a gente!

 

Valle del Maipo

É a região de vinhedos mais próxima a Santiago, fica a apenas 20 km de distância. É também a mais fácil de ser percorrida por ser pertinho da capital. Os turistas que não dispõem de muitos dias preferem priorizar as vinícolas regionais do Valle del Maipo.

Dessa forma, a mais tradicional é a Concha y Toro, que está a 6 km do centro da cidade, mas atenção, nos meses mais quentes costuma estar mais cheia! Seguindo por alguns quilômetros, há outras opções de vinícolas que podem ser visitadas a partir da Concha y Toro, como: Almaviva, Don Melchor, Chadwick, além das Tarapaca e Undirraga.

A vantagem é que o trajeto pode ser feito a pé já que estão muito próximas umas às outras.

 

Valle de Aconcagua

É uma região que está ao norte de Santiago, a mais ou menos 100 km. E já que estamos falando em proximidades, é interessante saber que o vale ganhou seu nome por estar muito perto da montanha Aconcagua. É a mais alta das américas e faz parte da Cordilheira dos Andes.

As cidades de San Felipe e Los Andes são bases para se iniciar um tour pelos vinhedos andinos. A Viña Errazuriz é a mais clássica da região e oferece passeios variados por seu espaço. A dica é aproveitar os dias amenos e aproveitar a paisagem do mirante que tem por lá.

 

Valle de Colchágua

Fica ao sul de Santiago, mas não muito longe. O trajeto pode ser feito de carro e dura cerca de 2h. Vinícolas como Clos Apalta, Viu Manent e Montes são os grandes destaques dessa região. É possível hospedar-se por lá e fazer passeios.

O diferencial de visita-las é que algumas delas oferecem passeios de balão. Se puder, faça! E, se tiver algum tempo sobrando em sua viagem, não deixe de ir na Viña Lara Hartwig. Eles vendem aos visitantes vinhos exclusivíssimos e numerados. A degustação é deliciosa!

 

Valle de Casablanca

Está ao leste e é também a mais afastada da capital. Porém, bem próxima a cidade de Valparaíso. Abriga vinícolas, como a Maltetic e Casas Del Bosque. Além de produzirem vinhos artesanais excelentes, também oferecem tours guiados pelas suas dependências.

Os restaurantes da região são uma ótima escolha, principalmente para degustação da gastronomia local.

 

Gostou do nosso passeio? Agora que você já conhece um pouco mais do Chile, conta para a gente: Qual dessas regiões agrada mais?

Seja perto ou longe de Santiago vale a pena dedicar ao menos um dia para fazer a charmosa Rota dos Vinhos!

Mande seu comentário!