(45) 3035.1801 viaggiturismo@viaggiturismo.com.br

Primeira viagem para Veneza: como funciona a cidade

Imagine uma cidade dividida por mais de 400 pontes, com edifícios centenários, grandes canais e atmosfera romântica inigualável. Visitar Veneza é realmente viver uma experiência de viagem especial! O destino italiano reserva grandes surpresas para seus visitantes. No entanto, é preciso saber algumas artimanhas para entender como a cidade funciona.

 

Cidade sem carros

É isso mesmo, não é permitida a entrada de carros em Veneza. Portanto quem viaja de carro pela Europa precisa se planejar. Enquanto alguns turistas se arriscam a fazer tudo a pé, muitos utilizam a balsa para se locomover pelo Grande Canal. Conhecida como Vaporetto, a balsa é o meio de transporte oficial da cidade. Para facilitar o processo, os viajantes podem adquirir um ticket que funciona como passe livre durante o período de estadia em Veneza. Saiba mais aqui.

 

Longe de capitais

Capital da região de Vêneto, Veneza está situada no nordeste da Itália, próxima de destinos como Verona, Pádua e Treviso. No entanto, vindo de outros países da Europa, a cidade encontra-se relativamente longe, sendo mais indicado o transporte de avião até o local. Para quem chega da Itália, Veneza geralmente é escolhida como ponto final da viagem.

 

Frutos do mar

Assim como as outras cidades da Itália, Veneza preserva seus próprios costumes, dialetos e pratos típicos. Por sua excepcional localização no Mar Adriático, a especialidade gastronômica de Veneza são os peixes de laguna e os frutos do mar. Mas é claro que os diversos restaurantes da cidade também oferecem outras opções de carnes e massas.

 

Acqua Alta

Veneza é palco de um fenômeno natural conhecido como ‘’acqua alta’’, que pode ser definido como um período de maré alta. Comum entre os meses de outono e inverno, o evento pode eventualmente inundar algumas praças e ruas da cidade por poucas horas. No entanto, não é necessário preocupação. A cidade está preparada para o fenômeno e costuma avisar os moradores e estabelecimentos da região.

 

Mapa

É extremamente fácil se perder em Veneza. A cidade é repleta de ruas estreitas sem nome, pontes e caminhos que a transformam em um verdadeiro labirinto. Por isso, é sempre necessário carregar um mapa ou um GPS com acesso à Internet. Aproveite para ir além do tradicional e conhecer bairros mais afastados, com menos movimento turístico.

 

Movimento

Com uma população de apenas 55 mil habitantes, Veneza chega a receber 30 milhões de visitantes por ano, sendo uma cidade extremamente turística. Essa grande procura fez com que algumas regras fossem criadas para melhorar a convivência no local. Além de não ser permitido alimentar os pombos de rua, é proibido realizar refeições ao ar livre em pontes e na Piazza San Marco.

 

Verão

Durante o verão, entre os meses de junho e agosto, acontece a alta temporada em Veneza. A cidade é dominada por turistas, as temperaturas chegam a atingir a casa dos 40°C e o mau cheiro pode ser frequente. Sendo assim, o ideal é escolher outra época para conhecer Veneza.

 

Com essas dicas, a sua viagem para Veneza será ainda mais proveitosa! A Viaggi Turismo também está pronta para te levar!

 

Mande seu comentário!