(45) 3035.1801 viaggiturismo@viaggiturismo.com.br

Rota da Seda: refaça o caminho histórico de trem!

Já imaginou refazer o caminho histórico da rota da seda de trem, conhecendo a região e passando por patrimônios históricos de tirar o fôlego? Então confira!

O que foi a Rota da Seda?

A Roda da Seda foi uma importante rota comercial que ligava os principais pontos do Ocidente e do Oriente. Na realidade, essa “rota” era composta por diversos roteiros que faziam os trajetos entre a Ásia e a Europa.

Esses trajetos têm origem há mais de 10 mil anos e eram utilizados pelos povos habitantes da região do Saara. Eles foram de extrema importância para o desenvolvimento das principais civilizações antigas, entre elas Mesopotâmia, Império Romano, Pérsia, Egito e China.

Eram duas rotas principais: uma que atravessava o leste europeu e outra que passava pela Ásia e Oriente Médio.

A Rota da Seda, além de ter sido extremamente importante para o desenvolvimento do comércio das diferentes regiões em que passava, também foi responsável pelo desenvolvimento de cidades e estradas, por exemplo. Ela permitiu o intercâmbio cultural e tecnológico entre as duas regiões.

Essa rota de comércio foi perdendo sua relevância conforme o progresso das Grandes Navegações que permitiram um comércio mais rápido e eficiente.

A origem da denominação da rota

O nome Rota da “Seda” teve origem no fato de que a Seda era uma das principais mercadorias comercializadas. A seda é um produto de origem chinesa e durante muitos anos teve sua produção exclusiva por esse país. O produto conquistou os europeus e, com isso, começou uma das principais rotas de comércio da antiguidade.

O que visitar na Rota da Seda

A Rota da Seda se estende desde a Grande Muralha da China até o Mar Mediterrâneo, mais precisamente na cidade de Veneza, na Itália. Com a sua extensão, é de se esperar a grande variedade de pontos turísticos e históricos para conhecer.

Entre eles, existem 7 Patrimônios da Humanidade, listados pela UNESCO, que merecem a visita. São eles: Nisa, Merv, Itchan Kala Khiva, Bukhara, Samarqand, Shakhisabz e Turkestan.

A fortaleza de Nisa, no Turcomenistão, possui características tanto asiáticas quanto da cultura mediterrânea e traz reflexos do império que foi estabelecido e da sua influência para a região, incluindo as rotas de comércio.

Itchan Kala é uma cidade de Khiva, no Uzbequistão, sendo a maior cidade murada da Ásia Central. Fundada entre o 5° ou 6° século, a cidade possui uma arquitetura impressionante e é um importante centro Islâmico.

Outro patrimônio que também merece destaque é Samarqand. Essa cidade foi muito importante para a Rota da Seda e para o comércio em geral. Possui uma história extremamente rica e pontos arquitetônicos que valem a visita, tais como Mesquitas e o Observatório de Ulugh-Beg.

Conhecendo a Rota da Seda de trem

Uma das melhores formas de turismo na Rota da Seda é por meio de um passeio de trem. A viagem consiste em um pacote com translado, acomodação, transporte terrestre, hospedagem e regime de pensão completa.

Além de conhecer a rota feita pelos antigos comerciantes, você também confere 7 patrimônios da Humanidade, o observatório de Ulug Bek, o deserto de Karakum e Kysilkum e as escavações da cidade de Afrosiyob. Todos os passeios são realizados em grupos pequenos e com guia turístico multilíngue.

O passeio de trem também inclui jantares típicos, degustações de vinhos e vodka. A duração é de 14 dias e 13 noites, se hospedando em hotéis ou a bordo do trem, de acordo com o regime escolhido. Independente da escolha das cabines, todas elas são equipadas para oferecer o maior conforto possível aos viajantes.

Além disso, viajando de trem você pode observar as belas paisagens da Rota da Seda, tendo uma experiência histórica e cultural ainda mais completa!

Redescubra uma das rotas comerciais mais importantes da antiguidade com a Viaggi Turismo! Conheça as belezas da Rota da Seda em uma inesquecível viagem de trem, com pensão completa e guia multilíngue! Contate nossos consultores e saiba mais sobre a oferta.

 

 

Mande seu comentário!