(45) 3035.1801 viaggiturismo@viaggiturismo.com.br

Malta: conheça mais sobre o paraíso do Mediterrâneo

Malta é uma ilha com cerca de 400 mil habitantes localizada entre a Tunísia e a Sicília. Devido a sua localização, tornou-se um importante centro para o comércio, fazendo com que a ilha sofresse influência dos mais diversos povos.

Isso também faz com que existam, em Malta, diversas atrações turísticas, culturas, gastronômicas e de lazer. A multiculturalidade é sentida nos mais variados tipos de entretenimento, combinando uma paisagem espetacular para agradar a todos os tipos de visitantes.

Aos turistas é possível realizar passeios permeados de história e da bela arquitetura local. Assim como praticar esportes náuticos, experimentar alimentos típicos de diversas regiões ou, simplesmente, relaxar e aproveitar as praias.

O que fazer em Malta?

Como acabamos de citar, a ilha de Malta possui uma ampla variedade de opções. Confira algumas das principais regiões e atividades:

Valetta

É a capital de Malta e a cidade mais visitada pelos turistas. Conhecida por “cidade fortaleza”, Valetta foi construída com a finalidade de proteger a região. Atualmente, é considerada pela UNESCO como Patrimônio da Humanidade.

Na cidade, há muitos pontos para conhecer! Sendo os principais: Casa Rooca Picola, National Museum of Archaeology, National War Museum e Catedral St. John. Além de Hastings Garden, Grand Harbor, Porto Marsamxett e muitos outros.

Praias

A ilha de Malta é um ótimo destino para quem gosta de praias! O litoral possui cerca de 200 quilômetros de extensão. São diversas variedades de estilos de praias, incluindo as “praias de pedra”.

A lista com as melhores praias de Malta pode ser encontrada no site Malta Uncovered, no qual consta as principais características de cada uma delas. Algumas das mais famosas são as praias de: St. Geroge’s Bay, Golden Bay, Ta `Fra Bem Bay, Armier Bay, Għadira Bay e Għajn Tuffieħa.

Blue Lagoon

Essa é considerada uma das praias mais bonitas de todo o continente europeu! É uma pequena baía com águas rasas e cercada por pedras e pequenas faixas de areia. Devido ao fato das águas serem muito geladas, a melhor época para aproveitar o mar é durante o verão.

St. Peters Pool

Uma piscina natural entre rochas, localizada na cidade de Marsaxlokk, onde os turistas vão para saltar e aproveitar as águas cristalinas. No seu entorno também existem diversas opções gastronômicas. É lá que acontece a famosa Feira de Marsaxlokk.

Cittadella de Victoria

Essa é uma cidade-castelo construída durante os anos de 3000 a.C., com alguns vestígios do período neolítico. Está localizada na segunda maior ilha de Malta, a ilha de Gozo, e possui construções de tirar o fôlego. Principalmente, quando cai a noite e ligam-se as luzes.

As ilhas também possuem uma variedade de construções que datam da pré-história. Incluindo templos e outras ruínas que valem a visita.

Popeye Village

Sim, o nome dessa vila remete ao personagem do desenho animado e do filme Popeye, sucesso dos anos 1980. O filme foi gravado na ilha de Malta e o local acabou virando ponto turístico com várias atrações relacionadas aos personagens.

Blue Grotto

Na ilha é possível fazer vários passeios de barco. Um deles é pelo interior da Blue Grotto e outras cavernas. É possível, inclusive, fazer uma pausa para nadar dentro de uma das fendas.

Game of Thrones

Diversos destinos na ilha de Malta foram utilizados durante as gravações da série e, se você for fã ou simplesmente quiser conferir essas localidades, deve incluir na sua lista:

  • Fort Ricasli: na cidade de Valletta, que retrata a Fortaleza Vermelha;
  • Manikata: onde foram gravadas cenas com Khal Drogo;
  • Azure Window: uma formação rochosa na cidade de Gozo, onde ocorreu o casamento entre Daenrys e o Khal. Infelizmente, o arco natural não resistiu a uma forte tempestade em 2017.
  • Saint Dominic’s Priory, San Anton Palace e Mdina: utilizados para retratar a Fortaleza Vermelha;

Em Malta também é possível encontrar diversas opções de passeios de barco, gastronomia típica dos povos que fizeram parte da sua colonização. Museus e outras construções espalhadas pelas ruas que, em conjunto com as paisagens e o mar, são de encher os olhos.

Como chegar

Não existem voos diretos do Brasil para Malta. Então, para chegar lá é preciso sair de Roma, Londres ou Espanha, desembarcando no Aeroporto Internacional de Gudja.

Os brasileiros não precisam de visto para entrar no país, por pertencer à zona Schengen. Estadias até, no máximo, 90 dias são isentas de visto. Para os que buscam permanecer por mais tempo, faz-se necessário tirar algum tipo de visto.

 

Visite Malta com a Viaggi! Veja nossas ofertas para viagens de turismo ou intercâmbios em Malta. Converse com um de nossos consultores e programa sua viagem!

Mande seu comentário!